segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Os homens são de Marte ... e é pra lá que eu vou!

A peça, em cartaz no Teatro Procópio Ferreira em Sampa, trata do grande dilema vivido por mulheres solteiras: a busca por um grande amor. Toda mulher já foi, é, ou será protagonista desta história de aventuras, encontros e desencontros (já dizia Vinicius de Moraes: "A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela vida").

No monólogo, Monica Martelli (impagável!) representa Fernanda, 35 anos, solteira, jornalista (ops!), que se envolve intensamente com vários tipos de homens. Para ela, a vida sem amor é uma vida em preto e branco e o estado de "solteira" um tremendo castigo.

A peça fala do amor e da falta dele, do sexo no primeiro encontro (e o sumiço dos homens após feito..ops!), e da busca desenfreada para encontrar um grande amor. Tudo isso com muito humor, em "tiradas" que só as solteiras conseguem perceber, como em frases: "Não era para ser!", "É ele. Agora encontrei a pessoa certa!", "Eu não mereço passar por isso!", "To gastando energia demais nessa relação!" e várias outras sacadas que todas nós mulheres conhecemos muito bem.

A pergunta que fica no ar na peça é: Por que os homens adoram falar: - "A gente se vê por aí", quando na verdade querem dizer: "valeu, foi bom, adeus!"? (será que algum amigo pode responder isso???) ... o que gerou enormes gargalhadas no teatro. Muitas "Fernandas" estavam assistindo a peça, que aliás, é dedicada a elas.
Um ótimo programa para quem estiver em Sampa!

Os homens são de marte... e é pra lá que eu vou!
Fuiiiiiii.......

Obs: Millena, Renata, Nanda, Dalvinha, ... amigas, como lembrei de vcs...rsrs... "Qualquer semelhança NÃO é mera coincidência"

6 comentários:

Raphaela disse...

Que bom amiga, que vc não lembrou de MIM nessa peça!
kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mesmo assim, se for pra Marte, avisa com antecedência que também quero reservar minha passagem....kkkkk

Beijos e parabéns pelo texto!

Raphaela disse...

Betaaaaaaaa

Não precisa ir a Marte querida.... acho que ir ao Rio já te faria um bem enorrrrrme...rrsrsrs.... Até porque o Rio já é bem distante daqui! rsrrsrs

Beijão...

Anelise disse...

Ah sampa, lugarzinho bom esse né Beta?!!
Valorizo a ideia de ir pra Marte hein, quem sabe lá encontramos um que nos mereça,rsrs...
Texto muito bem elaborado!

Millena disse...

"Não era para ser!", "To gastando energia demais nessa relação!"...
Essas duas frases são minhas amiga!!!! Socorrroooo!! Pena que vou ver sem vc em Setembro!!!

Adorei o texto, como sempre interessante... Bjs!!

Anônimo disse...

É Betta, por que será q fomos lembradas?????
Essa procura tá cansando, acho que vou pra um convento.
Ao menos lá sei q não serei enganada, e ninguem vai dizer: "Te ligo amanhã?"
heheheheheeh
bjos e parabéns pelo blog

Renata Salgueiro

Anna Beatriz disse...

Betaaa....não precisa ir pra Marte...vem pra cá!!!!
Bjão, Bia.